Adesivos inconclusivos III

Este é só pra não dizerem que eu fico o tempo inteiro pegando no pé da religião e dos religiosos (embora eu fique). Na verdade, é uma coisa tão sem sentido que mereceu ser passada na frente da minha lista de adesivos, embora eu ache que é uma frase meio regional... Olhem só que meigo:

"Aqui o sistema é bruto".

Se algum morador dessa vasta área que se estende do interior de São Paulo ao Tocantins, abrangendo mais alguns estados onde os habitantes puxam o erre e acham lindo ser cowboys, pudesse me explicar o que isso quer dizer, eu agradeceria. Enquanto isso não acontece, posso fazer algumas conjecturas...

Em primeiro lugar, que "sistema" é esse? Será o sistema operacional, o sistema circulatório, o digestivo? Acho que não... Deve ser o sistema nervoso, aquele que na espécie humana é comandado por um órgão, geralmente atrofiado, chamado cérebro. Se minha suposição é correta, o "bruto", nesse caso, se refere justamente ao estado geral desse órgão, embrutecido por anos à fio de exposição a música breganeja, bosta de cavalo, novelas da Globo e faculdades particulares.

Se minha suposição é correta, esse adesivo é uma espécie de confissão. Em linguagem ainda coloquial, mas mais inteligível, ele significa algo como: "sou tosco". Ao vê-lo num carro (geralmente uma caminhonete) você já sabe: não convide o proprietário para sua festa, sob a pena de, depois, ter de limpar o cuspe do chão.


Postado em 06/12/2008 às 18:13      0 comentários

 

Voltar